quinta-feira, 1 de agosto de 2019

[O Leão] Reprise na Cyber TV a partir desta segunda



Após concorrer entre outras webnovelas à faixa de reprises da Cyber TV, em substituição a Vernissage (de Felipe Veiga), O Leão foi escolhida por voto popular com 25,04% dos votos. Assim, a primeira história escrita por este que vos escreve volta a dar as caras — ou o focinho — a partir desta segunda-feira, 5 de agosto, às 15h, sob o signo homônimo.

O Leão conta a história de Ivan, um pai que torce incondicionalmente pelo sucesso do seu único filho, Mário. Este está em plena escalada profissional, prestes a tornar-se diretor da empresa em que trabalha, a Bellatex. Apaixonado cegamente por Solange, de quem é noivo, Mário não imagina que ela é capaz de roubar a fortuna dos patrões, chefiados com mãos de ferro por Helena. Acusado por todos, Mário opta pelo suicídio. Desolado com a perda daquele que mais amava, Ivan planeja vingar-se de todos e limpar o nome do jovem falecido. Envolve-se com Solange e com Helena. Mais tarde, alia-se com a enfermeira Ângela, que conhece bem o passado da vilã. Por amor ao filho, Ivan transforma-se num leão feroz e dá uma grande lição na arquirrival.

A estilista Letícia protagoniza a trama paralela. Sócia de Helena, está noiva do filho da poderosa apenas por conveniência, pois não existe amor entre ela e Marcos. O rompimento ocorre após um escândalo provocado por Solange numa exposição de Ivan. Mais tarde, Letícia conhece o verdadeiro sentimento ao lado do fotógrafo russo Vlad.

Mas o "Rei Leão" (inspirado em Eduardo Lago) não vem sozinho. É que as histórias de M'icelus e Kadu, tão fortes quanto a de Ivan, também farão novamente a alegria dos leitores. O Vazio que Habita em Mim, atração das 14h, narra a vida curta e trágica de um rapaz (por Sérgio Malheiros) que sofreu de tudo um pouco: desde violência doméstica até uso de drogas, passando por pedofilia. Mundo cão é a palavra-chave da trama escrita por Apollo Souza, conhecido por Anjos de Metal (vem terceira temporada em breve!). Eu, Kadu, por sua vez, traz uma trajetória bem mais "bonita". O adolescente "vivido" por Thimotée Chalamet está às voltas com a sexualidade e a outros dilemas de sua idade. Tudo contado com a sensibilidade e a humanidade dadas por Francisco Siqueira em suas obras.




As tardes de segunda, quarta e sexta-feira se tornam mais contentes a partir da próxima semana.

domingo, 21 de julho de 2019

Saber Amar - a série antológica de romance da Cyber TV



Entre 7 de maio e 12 de julho foi exibida na Cyber TV a antologia Saber Amar. Foram 18 episódios assinados por diferentes escritores, mas com duas coisas em comum: o amor obviamente foi o principal ingrediente, qualquer que fosse sua manifestação; e o final feliz de cada um dos personagens retratados.

Embora fosse mais comum o amor entre duas pessoas (ou almas), também foram abordadas outras manifestações, como o amor-próprio, o humanitário, o amor à liberdade de ser quem é, o amor à vida, as formas modernas e mecânicas de amar-se, aquele capaz de ultrapassar um século, o amor entre uma madrasta e uma enteada... Enfim, o amor.
Cada autor captou a essência da série e emocionou os leitores com suas visões sobre o tema. Não houve episódios em que uns autores não se derretessem pelo estilo e pela história dos outros. Mais do que isso: Saber Amar tornou-se o programa de maior audiência desde a inauguração da Cyber TV, superando até mesmo a marca do programa Cyber Show (2018). Não é à toa que diversos escritores (inclusive este que vos escreve) expressam o desejo de participar das próximas temporadas da série.

Assim como a bem-sucedida série de terror e suspense 00:00, Saber Amar faz parte do projeto Autoria Coletiva, idealizada e desenvolvida por Isa Miranda - escritora de obras como A Dama Negra. A direção artística foi do também escritor Wellyngton Vianna, presidente e webdesigner da plataforma de exibição. A revisão dos textos foi feita por Fabiana Prieto e Marcelo Delpkin. Ellen dos Santos elaborou os poemas que introduziram as histórias, assim como cada autor escolheu a música-tema de seu conto.

Segue a listagem das histórias:
  1. Som do Amor, de Hugo Martins;
  2. Em Busca do Amor, de Raquel Machado;
  3. De Todas as Formas (Aline), de Mori Katsu;
  4. Apesar de Tudo, de Alberto Sant'Anna;
  5. A Promessa, de Júlia C. Marques;
  6. Amor em Tempos Modernos, de Eduardo Moretti;
  7. Escolhas, de E. E. Soviersovski;
  8. Ex-namorados, de L. M. Braz;
  9. Onde Está Você?, de May Margret;
  10. Amor É Vida, de Néka Martins;
  11. Las Mitades de Nuestro Amor, de Fabiana Prieto;
  12. Fique Comigo, de Mayara de Godoy;
  13. Um Novo Amanhecer, de Gessyca Freze;
  14. Deixar Ir, de J. C. Gray;
  15. A Outra Metade do Coração, de Andréa Bertoldo;
  16. A Sabedoria de Amar, de Lyvia Peroba;
  17. Vou Balançar do Ritmo do Lustre, de Margareth Brusarosco;
  18. Saber Amar, de Isa Miranda.
Para conhecer a série, entre em https://www.cybertv.com.br/antologias/saber-amar/.

Para ouvir a trilha sonora oficial, entre em https://www.cybertv.com.br/ctv-play/.

terça-feira, 16 de julho de 2019

[Amores Imperfeitos] Webnovela chega ao fim na sexta-feira

Neste post, vou falar sobre um dos projetos dos quais mais gostei de participar. Trata-se da novela Amores Imperfeitos, escrita por Henzo Viturino e publicada na Cyber TV. Junto com Débora Costa, fiz a revisão dos capítulos da história, que chega ao 30º capítulo, o derradeiro, com muitas emoções. A webnovela está no ar desde 13 de maio.

Logomarca de Well Vianna - Cyber TV

Cecília é uma jovem prestes a deixar o presídio, onde passou cinco anos cumprindo a pena pelo assassinato do então patrão Henrique Albuquerque. Revoltada, ela decide vingar-se daqueles que lhe acusaram injustamente - os familiares da vítima.

Enquanto isso, Lorenzo volta ao Brasil após anos de estudos para se dedicar à salvação da empresa Albuquerque Drink's Distributor, ao lado de seu pai Murilo. Mas o destino lhe coloca no caminho justamente a última moça com quem poderia se envolver: Cecília. Assim, Lorenzo precisa optar entre o amor e a família. A dondoca Marina, mãe do moço, também deseja casá-lo com a cúmplice Priscila.

Alberto é o vilão principal. Irmão de Murilo, deseja se livrar de todos aqueles que se opõem da sua sede de poder. Tenta afastar o irmão da administração da empresa e deter a todo custo as intenções de Cecília. Porém não consegue evitar que sua mulher, Joyce, se torne parceira da principal inimiga; ainda mais após o suicídio da filha (Beatriz) que sempre desprezou.

Enquanto Cecília e Joyce reúnem outros aliados, surge Bryan. Arrependido de participar de um plano de Alberto para colocar a protagonista na cadeia, ele decide ajudá-la no que for preciso. Assim nasce uma linda história de amor que termina de afastá-la de Lorenzo. Este decide acertar os ponteiros com Priscila, que descobre amá-lo de verdade e romper com Marina.

Outra trama importante é a de Hanah, jovem amante de Murilo. Após abandonar o filho Pedrinho na casa de Cecília, a moça quer refazer sua vida e recuperar o amor do menino, o que acontece aos poucos. Quando Murilo é assassinado, deixa parte de seus bens para ele, para ódio da esposa.

Sempre arrogante e vaidosa, Marina vê sua vida arruinar após a traição do marido e o desprezo dos filhos, Lorenzo e Bárbara. A moça é mimada e desajuizada como a mãe, embora seja mais decidida e até cruel. Capaz de matar para atingir suas metas. Nem o homem que diz amar, Emanuel, escapa de uma tentativa de homicídio planejado por ela e executado por Tito, bandido que se envolve com Bárbara.

Para saber o que acontece nos últimos capítulos ou para acompanhar desde o começo a trama, entre em http://cybertv.com.br/web-novelas/amores-imperfeitos e acesse os capítulos.

Amores Imperfeitos é a terceira novela escrita por Henzo para a Cyber TV. Exibição às segundas, quartas e sextas-feiras às 21h, com término neste dia 19. O final está imperdível. Muitas emoções aguardam: casamentos, nascimentos, mortes e muito mais.

domingo, 14 de julho de 2019

Você conhece a Cyber TV?

Olá, queridos leitores da Toca!
 
Hoje vou escrever sobre a Cyber TV, plataforma de webdramaturgia para em que publico meus trabalhos (novelas e programas).
 


Como dito na postagem anterior, conheci a Cyber no final de 2017, graças à propaganda de uma novela de Débora Costa chamada Hierarquia. Diferente da maioria das histórias, o protagonista da trama é o vilão-mor: o poderoso, arrogante e cruel Franco Bittencourt, inspirado e "interpretado" por Manuel Landeta, o único estrangeiro do elenco.

A Cyber TV, então intitulada Cyber Séries, foi lançada em fevereiro de 2017 pelo webdesigner e escritor Wellyngton Vianna, o Well. Talentoso com as palavras e também com as artes gráficas que produz para as histórias publicadas, ele consegue captar a alma de cada uma das obras publicadas no site.

Como funciona a Cyber? De segunda a sábado são exibidas as obras de dramaturgia. As novelas são divididas em dois grupos (segunda-quarta-sexta e terça-quinta-sábado) e exibidas entre 18h e 21h. As séries e minisséries ganham basicamente os horários de 17h, 22h e 23h. Contos, crônicas e webfilmes possuem horários especiais. Por sua vez, o domingo é reservado para os programas de entretenimento, como o Cyber Backstage e o Observatório da Escrita. Também há espaço para as séries antológicas de autoria coletiva, como as organizadas por Isa Miranda.

Qualquer pessoa pode publicar sua obra na Cyber TV? Sim! Não importa se é veterano ou novato na literatura. Basta entrar na página inicial, clicar em "Publique sua obra", ler o regulamento e enviar o material pedido para a análise. Caso a obra seja aprovada, esta será agendada e ganhará artes especiais criadas por Well.

Vou listar algumas das produções que se destacaram no breve histórico da Cyber TV:

00:00 - primeira série de antologia produzida por Isa Miranda. 15 autores escreveram contos de terror, suspense e drama psicológico. Teve de tudo: jogos de velas, vampiras namoradeiras, bonecas assustadoras, retratos vivos, estradas sombrias e muito mais!

A Dama Negra - história de Isa Miranda que gerou um livro, atualmente em lançamento na versão física.

Café, Bolo e Pimenta - conto de Guido Scagliusi que narra as aventuras amorosas de três personagens numa confeitaria - cada um representado por uma delícia do título.

Coração Sertanejo - clássico de 2017 escrito por Cléber Medeiros no formato novela.

Coroa de Diamantes - de Wagner Jales, conta a história de uma órfã (Duda Pimenta) que herda uma mina de diamantes e se torna alvo da ganância de um casal nada confiável (Letícia Colin e Chay Suede).

Doces Mentiras - excelente novela de Alberto Sant'Anna. Conta a história de duas primas com condutas bem diferentes, embora amassem o mesmo homem. Elenco principal: Débora Nascimento, Carol Castro, Denise Del Vecchio e Ricardo Tozzi.

Dois Destinos - de Marcelo Maia. Narrava a trajetória da ambiciosa Marion (Alessandra Negrini).

Donos da Mentira - minissérie de Patrick Paim, cuja segunda temporada acaba de estrear - e de manter o sucesso da season one.

Eu, Kadu - antes de ganhar o público do Wattpad, a trama do adolescente Kadu (Thimotée Chalamet) às voltas com sua complicada vida [sexual] cativou os leitores cyberianos. Escrita por Francisco Siqueira.

Falsas Juras - novela de Wagner Nascimento. A viúva Heloísa (Flávia Alessandra) era pedida em casamento por Felipe (Mateus Solano), que tinha um plano de matá-la para ficar com sua fortuna.

Fome - ótimo conto de Sylvana Camello, autora de outros títulos como O Voo 2109, Dermatobia Hominis e O Mensageiro.

Garota de Ipanema - maior sucesso da webemissora até hoje. Novela de Eduardo Moretti, esta também trazia rivalidade entre parentes (neste caso, duas irmãs) pelo coração de um rapaz.

Gato Preto - exibida anteriormente na UP, este sucesso de Cristina "Zih" Ravela ganhou as telas da Cyber em agosto (!) de 2018. Embora o título remeta a uma história de terror, na verdade se trata de um policial. Destaque para o desbocado bandido Avelino (Herson Capri).

Hierarquia - primeira novela de Débora Costa no canal. Natália do Valle, Herson Capri e até a cantora Sandy "contracenavam" com o mexicano Manuel Landeta.

Incognoscível - minissérie de mistério escrita por Hugo Martins em 2018. Disputava o topo da audiência dígito a dígito com Eu, Kadu. Foi eleita a melhor série/minissérie do ano no prêmio da emissora.

Insensatez - outro sucesso de Débora Costa. Narrava as loucuras de três irmãs, entre elas a perigosa vilã Giane (Cléo), mulher capaz de matar a irmã mais nova e de maltratar a própria mãe.

No Rumo da Vida - novela escrita por Anderson Silva. Os protagonistas, todos jovens, têm suas vidas transformadas por uma série de perrengues, como a gravidez precoce e os traumas de ter sido abandonada pela própria mãe.

O Assassino dos Meus Sonhos - após se suicidar durante uma perseguição, um psicopata surge nos sonhos do policial Jony Stela e o ajuda a achar os corpos das vítimas. Marcos Vinicius da Silva é o autor deste sucesso de 2019.

O Dia da Faxina - minissérie política de altíssima qualidade escrita por Geraldo Medeiros Jr. Considerada por muitos a melhor obra já publicada na Cyber TV.

O Leão - novela de Marcelo Delpkin escrita em 2018. Ivan decide vingar a morte do seu único filho, Mário, após este ser acusado de roubo e se matar. O principal alvo é a noiva do rapaz, Solange, uma mulher ambiciosa, perigosa e vulgar.

Saber Amar - série antológica romântica que contou com 18 contos produzidos por nomes como E. E. Soviersovski, Raquel Machado, Hugo Martins, Margareth Brusarosco, Néka Martins, May Margret, entre outros. Ellen dos Santos escreveu os poemas que abriram os episódios.

Triângulo Amoroso - novela de estreia de Henzo Viturino, atualmente com 14 anos de idade (!). Isa ama Miguel, mas precisa enfrentar o veneno de sua sogra ricaça, Sophia, que não aceita uma moça pobre na família. Alice, também apaixonada por Miguel e a preferida de Sophia, é a outra ponta do triângulo.

Estes e outros títulos de altíssima qualidade se encontram disponíveis no acervo da emissora.

Link para a Cyber TV: http://cybertv.com.br/


quarta-feira, 3 de julho de 2019

A Toca está aberta!


Olá, queridos visitantes do blog A Toca do Leão! Hoje se inicia uma nova jornada na minha vida, que é este espaço onde postarei sobre tudo um pouco, o que vier à cabeça. Dicas de leituras, sites, canais do YouTube, músicas, além de resenhas diversas, fofocas dos bastidores da TV e do MV (Mundo Virtual - um dia explico pra quem não conhece este universo paralelo na internet, ok?)... Até mesmo histórias poderão ser postadas aqui, eventualmente. Ou seja, é uma jaula sem portas onde a regra é entreter você com a força de um leão livre, leve, solto e majestoso.

Meu nome é Marcelo Delpkin. Escrevo pequenas sinopses há cerca de vinte anos, mas somente no final de 2017 decidi criar e divulgar histórias maiores, completas. Leio histórias publicadas na internet há vários anos, especialmente as dos sites Recanto das Letras e WebTV (deixo abraços pro Gabo e pra Zih!). Sonhava em fazer parte do time de autores e divulgar minhas obras. Até que conheci um novo site então chamado Cyber Séries, através de uma webnovela de título Hierarquia. Tornei-me fã imediatamente do estilo da escritora Débora Costa e de seu toque meio mexicano e meio brasileiro de conduzir a trama daquele protagonista-vilão tão envolvente - Franco Bittencourt.

E assim me inscrevi no site de Wellyngton Vianna e comecei a colocar no papel a história de um pai que, após ter o filho acusado injustamente do roubo da fortuna dos patrões e morto em um suposto suicídio, decide se vingar daqueles que mancharam a honra de seu rebento. O alvo principal era  futura nora, uma mulher ambiciosa, inescrupulosa, fingida e sedutora. Em 30 de abril de 2018 se iniciou a exibição dos 30 capítulos da novela, o que rendeu em uma experiência muito positiva devido ao sucesso e à repercussão, além do fato de Well sempre acreditar nesta obra. Agradeço de coração a você, Well, e a todos que acompanharam a trajetória de personagens como Ivan, Mário e Solange.Este blog homenageia este primeiro trabalho tão especial na minha vida de escritor iniciante, já que a novela se chama O LEÃO. Só mesmo o rei dos animais para definir bem a luta de Ivan por justiça a favor de seu filho amado.

Arte de Wellyngton Vianna - Cyber TV - 2018

Assim que a novela terminou, o site de histórias passou a se chamar Cyber TV. De lá pra cá, escrevi um conto de terror para a série antológica 00:00 e a novela Flashback; participei de um quadro de resenhas no programa Cyber Show (dividindo a apresentação com Débora e outros talentos da casa); e postei uma versão hispânica de O Leão no portal latino Glook (¡Un beso para ti, Gloria!).

Faço parte da equipe de revisores e analistas de texto da Cyber TV, o que inclui a nova antologia Saber Amar (desta vez não participei com um texto meu, pois ainda me dedicava a Flashback); apresento os programas Observatório da Escrita e Cyber Backstage; ajudo colegas revisando os textos de suas webnovelas, quando eles me pedem.

Preparo um conto sobre o Ano Novo para o site DNA - Dramaturgia Novos Autores, de Henzo Viturino (escritor de apenas 14 anos em enorme ascensão) e Miguel Rodrigues; e também uma novela para a Cyber chamada Um Sonho de Amor.

A propósito: as artes serão montadas aos poucos, então ainda trago muitas novidades quanto ao visual do blog, ok?


Bem, é isso. E que a entrada da Toca fique aberta a partir de já. Espero vocês! Até a próxima postagem, a qualquer momento. Abraços felinos!